descarte correto do lixo

Você sabia o quanto pode ser prejudicial à saúde de todos o descarte incorreto do lixo? Pensando nisso, a prefeitura do Paulista está promovendo uma ação para incentivar a população que mais importante do que ter a rua limpa é descartar o resíduo no local adequado.

O bairro de Maranguape I foi contemplado com uma ação educativa que conta com a ajuda da população para manter o local livre de lixo, já que os morados do local estavam acumulando entulhos em frente à Escola Manoel Gonçalves da Silva, isso atrapalha até a passagem dos alunos, e para os demais moradores que utilizam o caminho.

Para evitar que o ambiente se torne novamente um ponto de despejo de lixo, a Prefeitura implantou um jardim comunitário. Ornamentado por pneus e plantas, o espaço visa contribuir para a limpeza do local, apresentando um novo visual para a comunidade.

O principal objetivo da ação é conscientizar a população que não é para colocar os resíduos em locais inadequados, pois pode acarretar vários problemas na saúde dos moradores da área. O indicado é deixar o lixo na porta de casa, para quando a coleta passar, recolher. A coleta domiciliar passa toda segunda, quarta e sexta no local, sempre à noite, a partir das 18h.

Mirelly Miranda, uma das educadoras que participou da ação lamentou que ainda há resistência dos moradores, mas ressalta a importância de cada um fazer sua parte “Quando a gente entra na comunidade, a gente procura saber de onde vem o problema para entender, pois a coleta passa no local e a gente está aqui pra conscientizar que não é para colocar lixo nos locais inadequados. A gente passa 15 dias em cada comunidade, atuando das 8h às 14h20, até solucionar o problema. Vale salientar que da mesma forma que gostamos da nossa casa limpa, devemos fazer o mesmo com a nossa cidade, é importante até para evitar doenças”, adiantou Mirelly.

Valcir Gomes, morador da área lembrou que funciona uma agenda de coleta domiciliar. “A coleta passa três vezes por semana, não tem necessidade de colocar lixo nas ruas. Infelizmente as pessoas ainda não se conscientizaram do quanto isso pode ser ruim até mesmo para eles” destacou o morador.

A Gestora da Escola Manoel Gonçalves da Silva, Lucineide Pereira, disse que já fez muitas ações para conscientizar a população de não armazenar entulhos na porta da escola. São mais de 700 alunos matriculados nesta unidade de ensino, nos três períodos, contudo, são eles os principais prejudicados. “Esse tipo de ação é boa para que mais pessoas possam se conscientizar que lixo tem que ser descartado nos locais adequados. Nós fazemos nossa parte, é importante que todos façam a sua” – concluiu.

Os munícipes contam agora com um aplicativo o Paulista Conectada, por onde podem fazer denuncias sobre vários serviços como iluminação precária, acúmulo de lixo, violência contra mulher, entre outros. Para utilizar, basta baixar no celular pelo Play Store ou Google Play, registrar o problema que a gestão soluciona o problema em até 72 horas.

Fonte: DP

Comentários

comentários