Apresentação da cantora começou com quase uma hora de atraso, na madrugada desta quarta-feira (1º), na praia do Janga, no Grande Recife.

Anitta faz show após a virada do ano na orla de Paulista e arrasta multidão

Artista mais aguardada do réveillon de Paulista, no Grande Recife, Anitta atraiu uma multidão de fãs, na madrugada desta quarta-feira (1º). Pela recepção dada à cantora, o público parece ter deixado em segundo plano a festa da virada do ano.

Marcado para as 2h, o show começou com quase uma hora de atraso, na praia do Janga. No entanto, o impacto inicial da presença da cantora afastou qualquer reclamação.

Alguns dos temas apresentados, como “Terremoto”, mostraram que o público que recebeu 2020, em Paulista, guardou as energias para o show da artista.

Os sucessos “Combatchy” e “Some que Ele Vem Atrás” também fizeram parte da festa. As músicas agitaram o público, mesmo sem as presenças de Luísa Sonza, Lexa, MC Rebecca e Marília Mendonça, que participaram de versões das canções.

Para o público, a presença de Anitta foi um marco para o réveillon de 2020. Morador de Abreu e Lima, no Grande Recife, Mahy Mendes não tinha programação, mas decidiu curtir a virada fora de casa quando soube que a cantora se apresentaria em Paulista.

“Eu ia passar o ano novo sem fazer nada, mas quando soube que ela viria, mudei meus planos”, afirmou.

Vindo ainda de mais longe, as primas Stefany Mourishigue e Lídia Valeriano desembarcaram de São Paulo para assistir à apresentação. “Chegamos na segunda [30] a Pernambuco. Para a virada, chegamos umas 19h15 [da terça].

Apesar de já ter assistido a um show da cantora no réveillon de Copacabana, no Rio de Janeiro, a pernambucana Emanuelly Santos quis repetir a experiência. Só que, desta vez, perto de casa.

“Eu já tinha visto ela, mas não de tão perto. Essa vai ser a primeira vez”, afirmou, encostada na grade que separava o público do palco.

Stefany Morishigue e Lídia Valeriano vieram de São Paulo e chegaram às 19h15, para acompanhar a apresentação de Anitta, em Paulista, no Grande Recife, que começou de madrugada — Foto: Marina Meireles/G1

Mesmo pública, a festa teve um camarote montado no palco. O G1 entrou em contato com a prefeitura de Paulista, mas não obteve retorno até a última atualização desta matéria.

Fonte: G1