No terceiro dia do especial Segunda Chance, conheça a história do operador de máquinas Silvio Lobo

ressocialização
Silvio Lobo é destaque em empresa de Paratibe, em Paulista – Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

No terceiro dia da série “Segunda Chance”, sobre a ressocialização de ex-detentos pelo trabalho, conheça a história do operador de máquinas Sílvio Lobo.

Após sair da prisão por cumprir o crime de roubo, ele teve sua carteira assinada em uma empresa de Paratibe, Paulista, que reutiliza resíduos de algodão para confeccionar produtos de limpeza e cozinha. Outros 32 ex-detentos também trabalham no local.

Pernambuco tem 34.556 presos. Quase 10% dessa população trabalha dentro ou fora dos presídios – 3.247. O número faz de Pernambuco o terceiro estado que mais emprega a população carcerária no Brasil, ficando apenas atrás do Amapá e do Ceará.

São 45 empresas, entre públicas e privadas, que possuem convênios com o sistema prisional. Uma experiência que recupera e gera novas oportunidades.

Confira a segunda reportagem especial do jornalista Leonardo Vasconcelos, com produção de PH Correia:


Fonte: Rádio Jornal

Comentários

comentários