A expectativa é que a crematória seja iniciada neste mês de dezembro

crematório para animais domésticos

O Cemitério Morada da Paz, em Paulista, decidiu criar o primeiro crematório para animais em Pernambuco, o Vila Pet. Essa novidade será contada durante a edição do PetNOR 2019, Feira de Produtos e Serviços para a Linha Pet e Animais de Produção, que ocorre durante os dias 28 e 30 de novembro, no Centro de Convenções em Pernambuco.

A expectativa é que a crematória seja iniciada neste mês de dezembro. O desenvolvimento do Vila Pet foi baseado em pesquisas que mostram a dificuldade que as pessoas possuem em resolver trâmites quando um animal de estimação morre.

Segundo o diretor executivo Ibsen Vila, a ideia é atender a uma demanda de mercado que predomina em diversos países e em algumas regiões do Brasil. “Vamos proporcionar uma despedida digna aos animais de estimação que, para muitas pessoas, são como membros da família. O serviço é inovador e conta com o padrão de qualidade, respeito e credibilidade que são marcas do Morada da Paz”, afirma.

Os tutores devem receber as cinzas dos animais em até dez dias. O Vila Pet contará com urnas especiais para este segmento. O forno é de alta tecnologia brasileira, e possuirá sistema que realiza pouco consumo de gás, monitoramento dos gases e software para o gerenciamento da cremação.

Dados de 2018 da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), constam que existem no Brasil, aproximadamente, 54,2 milhões de cães e 23,9 milhões de gatos. Há 19,1 milhões de peixes ornamentais e 39,8 milhões de aves canoras e ornamentais. Outros animais somam 2,3 milhões, totalizando 139,3 milhões de pets em escala nacional.

Em levantamento do Instituto Pet Brasil de 2018, é revelado que o Nordeste é a segunda maior região do Brasil com maior concentração de animais de estimação, com 21,4%, ficando atrás do Sudeste, que possui 47,4%.

Fonte: FolhaPE