Cerimoniais já preparam a festa para os novos prefeitos e vereadores

Passadas as eleições, restam apenas a diplomação e a posse dos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos para que a Justiça Eleitoral encerre suas atividades referentes ao pleito de 2012. Pelo calendário, os novos gestores precisam ser diplomados até o dia 19 deste mês e a posse será no feriado de 1º de janeiro. Essas solenidades são em geral arquitetadas pelos cerimoniais das prefeituras. Mesmo assim, nos casos em que não há reeleição, as equipes de transição dos novos prefeitos se juntam à equipe da atual gestão para darem o seu “toque pessoal” ao evento.

Alguns novos gestores mais ansiosos já começaram a arquitetar como será o dia e pretendem fazer da posse uma grande festa. Exemplo disso é o prefeito eleito em Gravatá, Bruno Martiniano (PTB). No seu caso, o ritual já está quase que todo definido: começa às 17h com uma missa na Igreja Matriz de Santana, que será aberta ao público. De lá, o novo prefeito seguirá para a solenidade de posse na Câmara Municipal, onde fará o juramento. Depois, ele irá para o momento de transmissão do cargo na prefeitura, onde logo em seguida dará posse ao secretariado. Espalhados pela cidade, telões exibirão as cenas do evento.

Alguns dos prefeitos eleitos, entretanto, não querem muita pompa e se restringirão às solenidades formais. É o caso do prefeito eleito de Moreno Adilson Gomes Filho, o Dilsinho (PSB). “Nós estamos fazendo contenção de recursos. O tempo de festas já passou, eu fiz na vitória. Agora é trabalho”, justificou o socialista. A solenidade terá início às 16h na Câmara Municipal, e de lá ele seguirá para a prefeitura, onde será feita a transferência do cargo.

Em Paulista, o prefeito eleito Júnior Matuto (PSB) optou pela mesma linha. Como é tradicional no município, a solenidade da posse será realizada no Clube Municipal de Paulista, localizado no Bairro do Nobre, devendo ter início no final da tarde. Apenas no dia seguinte (2 de janeiro) ele fará uma missa de ação de graças na Igreja de Santa Isabel. De lá, partirá para a prefeitura, onde dará posse aos secretários.

Fonte: Jornal do Commercio