O Grupo de Apoio à Criança com Câncer acolhe pacientes e parentes. E para ter um futuro ainda mais digno, a instituição quer um espaço para acomodar, principalmente, quem vem do interior.

Fonte: Bom Dia PE