O prefeito de Paulista, Yves Ribeiro (PSB), tem uma rejeição alta. Segundo pesquisa do Instituto Opinião contratada exclusivamente por este blog, 55,9% desaprovam a administração contra 35,6% que aprovam. Apenas 8,5% não quiseram responder ou disseram que não sabiam avaliar. Já reeleito, o socialista não deve se apresentar como um bom cabo eleitoral para o candidato que apoiar.

Yves Ribeiro (PSB)Os maiores percentuais de rejeição de Yves estão entre os eleitores com renda entre um e três salários (60,7%), entre os jovens (59,8%), entre o universo feminino (56,3%) e entre os que cursam da quinta à oitava série (58,7%). Seus índices mais favoráveis se situam entre os que ganham apenas um salário (43,3%), os que têm formação até a quarta série (43,3%) e entre os eleitores na faixa etária entre 45 a 59 anos (38%).

A pesquisa foi a campo nos dias 25 e 26 de abril, tendo sido aplicados 601 questionários. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos. O registro no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco recebeu o número PE-00017/2012. Os números de intenção de voto para prefeito estão na postagem das 18 horas.

As entrevistas foram realizadas nos seguintes bairros: Arthur Lundgren I, Arthur Lundgren II, Centro, Engenho Maranguape, Jaguarana, Jaguaribe, Janga, Jardim Maranguape, Jardim Paulista, Jardim Velho, Maranguape I, Maranguape II, Marinha Farinha, Mirueira, Nobre, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora do Ó, Paratibe, Pau Amarelo e Torres Galvão.

METODOLOGIA – A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Fonte: Blog do Magno Martins

Comentários

comentários