Suspeitos de homicídios, roubos, tráfico de entorpecente e associação criminosa atuavam nos municípios de Paulista, Abreu e Lima e Igarassu

 

Suspeitos de homicídios, roubos, tráfico de entorpecente e associação criminosa com atuação nos municípios de Paulista, Abreu e Lima e Igarassu, na Região Metropolitana do Recife (RMR), foram presos nesta quinta-feira (22), durante uma operação realizada pela Polícia Civil. O grupo é apontado como responsável por pelo menos 13 assassinatos que ocorreram na região. Durante a Operação Moenda foram cumpridos 13 mandados de prisão preventiva, dois de busca e apreensão de adolescente infrator e 13 de busca e apreensão domiciliar.

De acordo com chefe da Diretoria Integrada Metropolitana da Polícia Civil, delegado Joselito Kehrle do Amaral, cinco integrantes do grupo comandavam o tráfico de drogas e homicídios. “Grande parte dos adolescentes fazia o transporte. E o principal integrante do grupo, Michelon Duarte da Silva, 35 anos, que foi preso, comandava o tráfico e organizava os homicídios”, detalhou.

As investigações tiveram início há oito meses e foram efetuadas pela Delegacia de Paulista. “A investigação foi feita pelo delegado Ivaldo Pereira e nós conseguimos, no curso dessa investigação, individualizar a conduta de cada um. Todos eles têm antecedentes por homicídio, tráfico de drogas, associação para o tráfico, associação criminosa. Então é uma quadrilha muito bem estruturada e que vinha cometendo crimes em Paulista, Abreu e Lima e Igarassu”, afirmou Joselito do Amaral.

Fonte: FolhaPE