O senador Humberto Costa e o deputado Pedro Eugênio, ambos do PT pernambucano, saíram em defesa da presidente da Fundação de Cultura da Prefeitura do Recife, Luciana Félix, cujo nome foi envolvido neste final de semana em supostas irregularidades administrativas.

Conforme a vereadora Priscila Krause (DEM), líder da oposição na Câmara Municipal, a Fundação teria superfaturado a compra de fogos de artifício e o aluguel de banheiros químicos para o período do carnaval.

O prefeito João da Costa, ao tomar conhecimento das denúncias, mandou que elas fossem apuradas e teria ficado chateado com a presidente da Fundação, com quem não estaria mantendo nas últimas semanas uma relação de cordialidade.

Quem saiu em defesa de Luciana foi seu ex-marido, Humberto Costa, e o presidente estadual do PT, Pedro Eugênio. Segundo ambos, a presidente da Fundação é uma pessoa “séria” e “honesta” e de forma alguma seria capaz de se envolver com qualquer caso de corrupção.

Fonte: Blog de Inaldo Sampaio

Comentários

comentários