É a segunda suspensão do Paulistar na gestão do prefeito Júnior Matuto

Argumentando que o município ainda está se recuperando dos prejuízos causados pela paralisação nacional dos caminhoneiros, encerrada no último dia 1º, a prefeitura do Paulista, no Grande Recife, decidiu nesta quinta-feira (7) cancelar as festas juninas da cidade. É a segunda suspensão do evento na gestão do prefeito Júnior Matuto. Em 2016, o festival também foi cancelado pois, naquela ocasião, os recursos seriam destinados para recuperar danos causados pelas chuvas.

A prefeitura afirmou que o Paulistar já tinha atrações definidas e estava quase pronto para acontecer. A greve fez com que a gestão mudasse os planos e aproveitasse os recursos destinados para o festival para realizar ações de manutenção. A decisão foi tomada em reuniões com secretários e vereadores.

Petrolina

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, que o município também suspenda as festas juninas programadas para 2018. A decisão também seria para dar prioridade a gastos públicos essenciais, cobrindo o transtorno causado pela greve dos caminhoneiros. Petrolina é um dos 63 municípios que decretaram situação de emergência durante a paralisação.

Fonte: JC Online

Comentários

comentários