Nesta quarta-feira, às 15h, na Colônia de Pescadores Z-8, na Praia de Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho, um grupo formado por pescadores, catadores de caranguejos, mulheres marisqueiras e entidades ambientalistas estará reunido para discutir a dragagem das praias de Jaboatão, Recife, Olinda e Paulista.

A dragagem irá acontecer no Complexo Portuário de Suape, em virtude das instalações de um novo Estaleiro na região.

O grupo exige que sejam apresentados estudos de impacto ambiental por parte do CPRH, alegando a destruição das áreas de trabalho para a pesca artesanal.

“Estamos numa luta para que corais e mangues não sejam prejudicados, pois o impacto abrange todo o entorno desse sistema marinho, de onde os pescadores retiram sua subsistência”, explica o Presidente da Associação Mangue Ferido, Sandro Roque.

Na sexta-feira, 16/12, outra reunião acontecerá na Associação das Mulheres Marisqueiras de Pontezinha.

Fonte: Blog do Jamildo

Comentários

comentários