O suspeito de atropelar e arrastar uma mulher por três quilômetros na BR-101 Norte, no município de Paulista, Região Metropolitana do Recife (RMR), foi preso na manhã desta terça-feira (15). O homem de 64 anos, que é funcionário público da Companhia Hidrelétrica do Vale do São Francisco (Chesf), estava na casa onde morava, no bairro do Cabanga, área central da capital pernambucana.

Segundo as investigações, o acidente aconteceu em 2010. O suspeito seguia pela rodovia, nas proximidades do bairro de Paratibe, quando atropelou um casal que andava de moto. O piloto saiu ileso do acidente. A namorada dele, Milena Patrícia da Silva, de 23 anos, que estava na garupa, ficou presa em baixo do carro do suspeito e foi arrastada por três quilômetros até o Centro de Treinamento do Náutico, no bairro da Guabiraba, na Zona Norte do Recife.

De acordo com a polícia, o motorista só parou porque foi trancado por outro automóvel. A investigação aponta ainda que ele fugiu sem prestar socorro. A vítima chegou a ser levada ao Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, mas não resistiu aos ferimentos. Com a ajuda de câmeras de segurança e de monitoramento do trânsito, foi identificada a placa do veículo do suspeito, que prestou depoimento e, até o momento, respondia ao processo em liberdade.

Fonte: NETV – 1ª Edição