A versátil marca Slim, da Queiroz Galvão Desenvolvimento Imobiliário (QGDI), está apresentando ao mercado imobiliário a quarta e última etapa de um dos empreendimentos direcionados aos consumidores de Paulista. São as três novas torres residenciais do Park Jardins Condomínio Clube, que terá 192 apartamentos e uma variedade de atrativos.

Localizado às margens da PE-15, o Park Jardins é um dos projetos residenciais que estão redesenhando o cenário de Paulista, uma das regiões beneficiadas pelo mais novo polo de desenvolvimento de Pernambuco, a Zona da Marta Norte e os investimentos anunciados. A quarta etapa do empreendimento, em parceria com a construtora ACLF, terá os blocos Figueira, Eucalipto e Seringueira.,

Park Jardins terá vários itens de lazer, característica marcante dos projetos tipo condomínio clube
Park Jardins terá vários itens de lazer, característica marcante dos projetos tipo condomínio clube

De acordo com a QGDI, esta fase segue o mesmo perfil de estrutura da terceira etapa do empreendimento, ou seja, com unidades residenciais de aproximadamente 53 metros quadrados. Quem adquirir um imóvel terá um apartamento compacto, com varanda, sala para dois ambientes, três quartos sociais, um banheiro social e uma vaga de estacionamento.

“O Park Jardins é o maior sucesso de vendas em Paulista. As três primeiras fases já foram 100% comercializadas e agora vamos iniciar as vendas da última etapa, voltada para famílias com renda mensal em torno de R$ 4 mil. Nossa expectativa com esse lançamento é a melhor possível”, atesta Carol Boxwell, superintendente comercial e de marketing da QGDI.

Cada torre terá 16 pavimentos tipo, sendo quatro unidades por andar. O empreendimento vai oferecer aos futuros moradores vários itens de lazer, com espaços de convivência mobiliados e equipados. Nas áreas comuns, haverá piscina, quadra poliesportiva, pista de cooper, salão de festas e brinquedoteca.

“O Park Jardins terá 13 torres no total, oferecendo 640 unidades, e vai ocupar uma área total de 21 mil metros quadrados. As fases 2 e 3 estão sendo concluídas e a previsão é de que esta última parte do projeto seja entregue em um prazo estimado de 30 meses”, explica o gerente de engenharia da QGDI em Pernambuco, Glauco Pachêco. O preço inicial de vendas é de R$ 2,9 mil o metro quadrado.

Quem não quiser perder a chance de garantir uma das unidades, deve se apressar e visitar o estande de vendas no local. Segundo a QGDI, o espaço conta com uma equipe pronta para esclarecer todas as dúvidas dos consumidores Mais informações ligue para (81) 3464-1900.

Fonte: LugarCerto

Comentários

comentários