Atraso na recarga do Passe Livre Estudantil em abril ocorreu devido a um problema no processamento dos dados bancários, segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte.

estudantes01

A ausência de créditos nos cartões do Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) levou dezenas de estudantes da rede estadual de ensino estão a entrar no Terminal Pelópidas Silveira, em Paulista, no Grande Recife, pelo portão de saída dos ônibus. O caso aconteceu nesta quinta-feira (11), envolvendo um grupo de dezenas de alunos da Escola Dantas Barreto, no Centro da cidade.

Imagens enviadas ao WhatsApp da TV Globo mostram o momento em que os estudantes, vestidos com a farda da rede estadual de ensino, entram no terminal mesmo sem créditos no VEM. O desabastecimento dos cartões também afeta alunos de outras escolas públicas.

Jéssica Carvalho, de 13 anos, estuda na Escola Estadual Pedro Augusto Carneiro Leão, no bairro de Beberibe, na Zona Norte do Recife. Segundo a aluna, nenhum crédito referente ao mês de abril foi inserido em seu cartão.

“Ninguém da escola recebeu o crédito em abril e isso já aconteceu outras vezes. Algumas mães estão tendo que pagar para carregar o VEM, mas eu não tenho dinheiro. Eu e mais três amigos estávamos voltando para casa num ônibus da linha PE-15 e um deles foi colocado para fora pelo motorista porque não tinha passagem”, diz a estudante.

De acordo com a Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco, o problema tem acontecido há meses. A entidade afirma que tem recebido diversas denúncias desse tipo e que pretende entrar com uma representação junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) sobre o caso.

Por meio de nota, o Grande Recife Consórcio de Transporte, responsável pelo transporte coletivo na Região Metropolitana, informa que a recarga do Passe Livre Estudantil é feita no fim do mês, para garantir o deslocamento dos alunos até as escolas. Apesar disso, “no mês de março, houve um problema no processamento dos dados bancários, o que ocasionou o atraso”.

No texto, o órgão diz também que o problema foi solucionado e o pagamento foi realizado na terça-feira (9). Os créditos, segundo o consórcio, devem estar disponíveis nos cartões na sexta-feira (12).

Ainda na nota, afirma que “a concessão do Passe Livre está diretamente ligada à frequência escolar do aluno” e que cada caso é analisado separadamente, “solicitando o nome completo e o CPF do estudante” e que “o aluno precisa ter utilizado, no mínimo, 50% dos créditos para receber o complemento da recarga do mês seguinte”.

G1 entrou em contato com a Secretaria de Educação de Pernambuco para repercutir o caso e aguarda resposta.

Fonte: G1 Pernambuco

Comentários

comentários