Segundo a CPRH, o tamanduá foi resgatado com poucas semanas de vida após uma queimada em área de mata e foi criado por sete meses por um casal do bairro

Uma moradora do bairro de Engenho Maranguape, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), entregou à Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) um tamanduá-de-colete (Tamandua tetradactyla), nesta quinta-feira (31). Segundo a CPRH, o animal foi resgatado com poucas semanas de vida após uma queimada em área de mata e foi criado por sete meses por um casal do bairro.

O casal que fez a entrega voluntária do tamanduá informou que cuidou dele desde que foi encontrado por outro morador do bairro, após a queimada, e decidiu procurar um local para entregar o animal agora que está maior.

O tamanduá foi encaminhado ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), no bairro de Guabiraba, no início da tarde. No local, após período de reabilitação, ele será devolvido à natureza, em área de mata onde poderá interagir com outros de sua espécie.

Fonte: FolhaPE

Comentários

comentários