Sobre caso de um eleitora de Paulista que procurou o ex-prefeito Yves Ribeiro (PSB) em seu sítio Pedrinhas, atrás de um ajuda para comprar um caixa de isopor para vender picolé na feira, ajuda negada porque o ex-prefeito afirmou que não tinha dinheiro e estava fora da política, chegou ao Blog a seguinte resposta:

1 – Causou-me espécie a nota publicada na sua coluna “Fogo Cruzado” nesta quinta-feira(29) sob o título “Pobreza dupla”. O seu conteúdo não tem aderência com os fatos e representa um descompasso com a minha biografia e trajetória política. Nela, se faz referência a uma suposta eleitora do PSB de Paulista que me teria pedido uma ajuda financeira, mas negada por mim sob o argumento de não ter dinheiro para atender o pedido.

2- Como sabe, fui prefeito por duas vezes de três cidades diferentes da Região Metropolitana do Recife (Itapissuma, Igarassu e Paulista). Minhas gestões à frente dessas prefeituras foram marcadas, entre outras coisas, pela forte participação do povo no planejamento das ações administrativas e pelos programas e projetos de inclusão social. Ao longo de quase 40 anos de vida pública, e mesmo fora dela, mantive uma relação solidária, fraterna e cordial com munícipes e eleitores. Num país tão pobre e desigual como o nosso, é comum eleitores recorrerem aos políticos para resolverem demandas pessoais. Negá-las, às vezes, é algo desumano e inaceitável; mas a minha prática política sempre se pautou pelo incentivo ao empoderamento financeiro das pessoas.

Nota do editor: fica a palavra da eleitora que nos relatora contra a palavra do ex-prefeito. E o leitor que tira as suas co conclusões.

Fonte: Blog Inaldo Sampaio

Comentários

comentários