Basta de ViolênciaUm assalto quase termina em tragédia, na noite da última segunda-feira. Um adolescente de 17 anos passeava de bicicleta quando um ho­mem desceu de um carro de cor verde, aproximou-se e anunciou o assalto. O suspei­to, que estava armado, to­mou os pertences do jovem. Mesmo entregando o celular, a carteira e a corrente, a vítima foi atingida por uma coronhada na cabeça.

O menor pediu socorro aos amigos e foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Paulista. Por conta da gravidade do ferimento, a equipe médica transferiu o adolescente para o Hospital da Restauração (HR). A pancada foi tão forte que o jovem teve parte do crânio afundada. O crime aconteceu na avenida Manepá, no Janga, em Paulista. A polícia está investigando o caso.

De acordo com os moradores do bairro, os assaltos são constantes na área. Um estudante universitário amigo da vítima ajudou a levar o adolescente e disse que a população está amedrontada. “A gente estava na rua esperando ele (a vítima), para jogar bola quando ele chegou sangrando muito e pedindo aju­da. Ainda estava consciente e disse que foi assaltado e que o bandido deu uma coronhada na cabeça dele”.

Até o fechamento desta edição o adolescente permanecia internado na emergência do Hospital da Restauração. Ele passou por cirurgia e já está na sala de recuperação.

Fonte: FolhaPE