Alunos do Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) da unidade do Senac de Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), estão na etapa final do Prêmio Pronatec Empreendedor, uma ação do Sebrae em parceria com o Ministério da Educação que contempla os melhores projetos inovadores de estudantes de todo o país. A equipe “Aprender, fomentar para administrar” concorre com alunos dos estados de São Paulo, Sergipe, Minas Gerais, Distrito Federal e Pará na premiação a ser realizada em Brasília no dia 17/12.

A equipe do Senac é formada por alunos do curso Técnico em Administração e do curso Técnico de Informática. Os estudantes Abigail Souza, Aline Souza, Maria Camila, Wemerson Vieira e Wyllamis Guimarães foram os responsáveis pelo projeto elaborado durante o primeiro módulo do curso técnico do Senac, no núcleo básico, que surgiu do desejo dos alunos em abrir um negócio voltado para a sustentabilidade. Eles criaram uma empresa com visão sustentável e foco em qualidade para a produção de bolsas-carteiras, elaboradas com embalagens de tetra pack (caixas de leite), tecido e manta acrílica. O projeto também se moldou à necessidade do mercado deste segmento, seguindo três pilares: reduzir, reutilizar e reciclar.

Para a gerente do Senac de Paulista, Lígia Piro Costa, chegar a final do concurso é uma vitória dos professores e alunos que já no início dos cursos têm trabalhado em conjunto para o melhor aproveitamento do ensino. “Essa conquista mostra o compromisso do Senac com o empreendedorismo e é um incentivo para todos os nossos alunos porque leva os jovens a terem uma visão mais abrangente e adequada do mercado “, disse a gerente.

Os três melhores trabalhos vão ser premiados. Para a equipe que conquistar o primeiro lugar, os alunos ganharão uma viagem nacional para conhecer um centro de referência ou projeto de empreendedorismo e um computador portátil. Os ganhadores do segundo e terceiro lugar levam para casa, cada um, um computador portátil. Durante a premiação, os finalistas vão apresentar seus relatos de iniciativas empreendedoras para uma banca de avaliação formada por especialistas, parceiros, apoiadores e integrantes da comissão organizadora do concurso.

Fonte: Senac-PE