Será publicada no Diário Oficial a revogação da resolução 602/2011, que eleva de R$ 2,3 mil para R$ 3,7 mil o auxílio-combustível disponibilizado para os vereadores da cidade do Recife. A medida visa prevenir que o aumento, em ano eleitoral, não atribua uma conotação política à decisão. A decisão também define a manutenção da resolução 284, de 2009, que fixa o limite do benefício em R$ 2,3 mil.

Estamos de olho

A polêmica ganhou as redes sociais nessa semana, quando os vereadores anunciaram que se fariam valer do teto legal estabelecido na Lei 17.522/2008, de R$ 3,7 mil, passando por cima de acordo proposto na casa há quase três anos. O reajuste, de 62%, permitiria que os políticos abastecessem um veículo de passeio comum, que faz uma média de 10 Km por cada litro de gasolina, com combustível suficiente para uma viagem do Recife à Lima, capital do Peru, todos os meses.

Fonte: DP