No balanço do Carnaval 2020 do Paulista não foi registrado nenhum homicídio ou registro de violência com gravidade durante toda a folia de Momo. O resultado se deve graças a um trabalho integrado, envolvendo Guardas Municipais, Agentes de Trânsito, policiais Militares (17º BPM) e Civis, além do efetivo da Força Nacional. Os agentes de segurança também conseguiram conter rapidamente os poucos episódios de brigas nos blocos que desfilaram entre a quinta-feira (20) e a Quarta-de-Cinzas (26).
 
Além de um Carnaval de paz, a Prefeitura do Paulista também celebrou a participação dos foliões na festa. Estimativa da coordenação geral do evento aponta que mais de 280 mil pessoas brincaram o Carnaval na cidade. O destaque ficou por conta dos blocos Cavalo Branco, que reuniu 60 mil pessoas pelas ruas de Maranguape II na segunda-feira, e o Bacalhau na Vara, que arrastou 100 mil foliões pelas ruas de Paratibe e Arthur Lundgren I, na quarta-feira “ingrata”.  
 
Neste ano, a gestão municipal também comemorou outro número importante. Com a criação do polo de animação do Janga, os artistas da cidade tiveram a oportunidade de mostrar o trabalho. “Das 34 atrações que se apresentaram no polo, 22 foram de Paulista. Isso mostra que a gestão do prefeito Junior Matuto reconhece o potencial e sabe valorizar os artistas da terra”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura do Paulista (SEDETUR), Jorge Rocha.
 
“Tivemos um Carnaval muito positivo em vários aspectos. Desde a participação dos artistas da terra ao envolvimento do folião nos blocos, a folia de Momo na nossa cidade superou todas as expectativas. Estamos felizes de ter proporcionado uma festa organizada e tranquila para os moradores e turistas que visitam todos os anos a cidade”, evidenciou o prefeito do Paulista, Junior Matuto. Ao todo, 258 agremiações tiveram o apoio da prefeitura nesse ano. 
 
Durante a folia de Momo, considerando do Sábado de Zé Pereira a Quarta-feira-de-Cinzas, a rede hoteleira da cidade atingiu em torno de 80% dos leitos ocupados. O levantamento, realizado pela SEDETUR, levou em consideração 13 estabelecimentos do setor na cidade. A permanência média do turista no município foi de cinco dias.
 
Para garantir mais uma vez o melhor Carnaval para os foliões, a Prefeitura do Paulista mobilizou mais de 200 profissionais, entre servidores e terceirizados, garantindo a manutenção dos serviços essenciais e uma festa com animação, limpeza e segurança.   
 
Fonte: DP