A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) vai expandir as áreas de implantação da nova conta de energia com emissão imediata após a leitura. A partir da segunda-feira (4) moradores dos bairros de Tejipió, no Recife, Cavaleiro, Curado e Sucupira, em Jaboatão dos Guararapes e Janga, Pau Amarelo e Nossa Senhora do Ó, em Paulista, serão incluídos no roteiro do novo processo de faturamento.

Nessas localidades e adjacentes, cerca de 111 mil unidades consumidoras passam a receber a conta imediata, totalizando aproximadamente 460 mil clientes faturados pelo novo sistema. “A mudança tem ocorrido de forma gradativa e a expectativa é que todo o estado esteja atendido no primeiro trimestre do próximo ano”, avaliou o gerente de atendimento da Celpe, José Carlos Medeiros Leite.

Na prática, o novo sistema consegue que a coleta, processamento e impressão dos dados de consumo aconteçam numa só visita à casa do cliente. “Na modalidade que estamos substituindo, esse trabalho é executado em pelo menos duas idas à unidade consumidora”, ressaltou o gerente. “Agora, o novo método torna o processo mais ágil tanto para a Concessionária quanto para o consumidor, que recebe a fatura na hora”, ressaltou.

Para fazer o reconhecimento do consumo do cliente, os leituristas utilizam uma espécie de palm, ou PDA (personal digital assistant). A tecnologia pode funcionar em modo instantâneo ou sem sinal, a depender das condições de comunicação no local. “Os leituristas dispõem de um kit com coletor de dados e impressora térmica. O processo é simples, basta inserir a leitura mensal e o sistema fará o restante”, explica. O papel é especial, com proteção contra água, que preserva os dados impressos. O novo formato da fatura mantém todas as informações contidas na conta anterior.

Os equipamentos são rastreados 24 horas por dia. “Caso um leiturista seja assaltado, enviaremos um comando que inviabilizará o aparelho para revenda. Ainda assim, o próprio PDA irá enviar sinal para nosso servidor com a localização geográfica de onde se encontra”, revela Medeiros.

Fonte: Blog de Jamildo (JC)