Percentual foi definido durante audiência pública da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Celpe havia pedido reajuste de 5,61%

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, na manhã desta terça-feira (24), que a Celpe reajuste em 5,41% a conta de energia elétrica para clientes residenciais. A Celpe havia pedido um aumento de 5,61%. O percentual de reajuste será definido na 14ª reunião pública ordinária da diretoria da Aneel. O consumidor já vai pagar a conta mais alta a partir da conta de maio.

O aumento permitido pela Aneel ficou próximo a inflação de 5,49% registrada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no acumulado dos últimos 12 meses. O IPCA mede a inflação registrada pelas famílias. Também entrou no cálculo do pedido de reajuste a variação de 3,16% do Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), que mede, entre outras coisas, o impacto da variação do dólar nos custos das empresas.

Fonte: Jornal do Commercio