Quando completam dois meses que fãs, artistas e familiares do pernambucano Dominguinhos choraram e cantaram a sua morte, a música volta a marcar, nesta quinta-feira (26), as homenagens ao sanfoneiro. É nesta manhã que o desejo de José Domingos de Moraes de ser sepultado na sua cidade natal, Garanhuns, começa a ser realizado, após um acordo entre os seus dois filhos vivos, Liv e Mauro Moraes. Um cortejo segue de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, ao interior para o último adeus ao artista.

Dominguinhos morreu no dia 23 de julho, aos 72 anos, em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas, em São Paulo. O cantor lutava contra um câncer havia seis anos. Dois dias depois, foi sepultado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, no Grande Recife, com várias homenagens musicais. Foi no dia do enterro que começou a polêmica que levou Mauro Moraes a entrar com uma ação na Justiça para fazer o traslado do corpo do pai. A decisão, apósacordo com a irmã, saiu no fim de agosto. Em entrevista de 2011 a Geraldo Freire, da Rádio Jornal, o cantor e sanfoneiro havia expressado a vontade de ser enterrado na cidade onde nasceu. “Daria um pouquinho de trabalho para o pessoal querendo vir para Garanhuns”, afirmou.

Durante quase um mês, a Prefeitura de Garanhuns organizou os detalhes do cortejo que vai sair do Morada da Paz até o Cemitério de São Miguel, em Garanhuns. O dia deve ser de orações e música do Litoral ao Agreste de Pernambuco. Veja a programação:

6h Amigos de Dominguinhos reúnem-se no bar Arriégua, onde o músico costumava tomar café-da-manhã quando vinha ao Recife
6h30 Saída do corpo do Cemitério Morada da Paz, em Paulista
7h30 Início do cortejo. Ônibus com os amigos, familiares, artistas e jornalistas seguem o carro com o corpo do músico
10h30 Começo da programação no palco montado na rua onde fica o Cemitério de São Miguel, com orquestras e desfiles estudantis
13h Chegada do cortejo a Garanhuns com queima de fogos, para o sepultamento

Cantores e sanfoneiros de Garanhuns vão começar a tocar canções como Garanhuns, Cidade Serrana, Cidade Jardim e De Volta pro Aconchego ainda pela manhã. Durante o sepultamento, Mourinha do Forró toca a música Saudade de Dominguinhos, acompanhados de outros artistas, que interpretam diversas músicas. A bênção será dada pelo bispo da cidade, Dom Fernando Guimarães.

Localizada a 229 km do Recife, Garanhuns preparou ainda uma série de homenagens a um dos seus filhos mais ilustres. A Esplanada Guadalajara, conhecida por abrigar os shows principais do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), teve o seu nome modificado para Esplanada Mestre Dominguinhos. O prefeito Izaías Régis ainda encomendou ao artesão José Veríssimo uma estátua de Dominguinhos com dois metros de altura e 2,5 metros de pedestal para ser instalada na Esplanada, próximo a um casarão que abrigará um acervo artístico representativo da carreira.

Fonte: NE10