O Supremo Tribunal Federal aceitou nesta quarta-feira (18) os chamados embargos infringentes. Foram realizadas três sessões para discutir a questão que dividiu a opinião dos ministros.

Fonte: Jornal Nacional