Henrique LottoUm Galpão construíndo no Campo de Aviação, no bairro de Maranguape I, Paulista, para auxiliar na distribuição de medicamento para os postos de saúde da cidade não está adiantando muito. Todos os dias chegam remédios lá, mas os postos continuam sem nada. Nas unidades de Maranguape I, II, Mirueira, Jardim Paulista Alto, Baixo, Loteamento Conceição, Paratibe e o que se vê é uma verdadeira romaria de idosos, gestantes, mães com crianças de colo todos os dias pela manhãs. Eles procurando remédio, mas não acham. Isso é um descaso com a nossa população.

Foto: Henrique Lotto
Foto: Henrique Lotto

Fonte: Henrique Lotto (por e-mail)