Um homem está sendo acusado de abusar sexualmente a filha de 12 anos durante três anos em Maranguape I, Paulista, no Grande Recife. Os abusos começaram quando o ajudante de gesseiro trouxe a menina do interior para viver com ele e a mulher, madrasta da criança, que chegou a desconfiar mas não tinha provas. Há um mês, o homem acabou se separando da companheira e passou a viver com a filha como marido e mulher. Cansada dos abusos do pai e procurada pelo conselho tutelar da cidade, que recebeu uma denúncia anônima, a menina decidiu abrir o jogo e denunciar o pai à polícia.

A menina contou que chegou a ser agredida pelo pai, que também a obrigava a tomar anticoncepcional para evitar uma gravidez e a ameaçava de morte caso procurasse ajuda. O pai da garota disse que sabia que estava errado e que não poderia fazer sexo com a própria filha, mas confessou que nem ele nem ela conseguiam parar de se relacionar. O homem foi preso em flagrante e encaminhado ao Centro de Triagem de Abreu e Lima (Cotel). A garota vai ser encaminhada de volta para a casa da mãe no interior.

Fonte: TV Jornal