As imagens de confusões durante a greve da Polícia Militar em Pernambuco divulgadas nas redes sociais e pela imprensa, além de informações recebidas pelo Disque-Denúncia, serão utilizadas na coleta de provas para não deixar que as pessoas envolvidas saiam impunes. As pessoas identificadas poderão serão acusadas por crimes como roubos, furtos, formação de quadrilha, entre outros delitos que o código penal prevê.

Fonte: TV Jornal