Uma das mais importantes vias estaduais da Região Metropolitana do Recife está sendo recuperada pelo Departamento de Estrada de Rodagem

Principal via entre as cidades de Paulista e Olinda, a rodovia PE-15 recebe diariamente um fluxo de 30 mil veículos. Apesar disso, a quantidade de buracos e os alagamentos constantes são comuns. No mês passado, o Departamento de Estradas de Rodagem iniciou uma obra nos dois sentidos da pista. Mas moradores da área denunciam a falta de continuidade das obras.

A Avenida Pan Nordestina, localizada ao lado do Terminal Integrado da PE-15, é um dos principais pontos onde os buracos causam acidentes e engarrafamentos, além de outros transtornos. No local, o trabalho foi iniciado há cerca de 15 dias. São três faixas que seguem sentido Paulista, mas apenas uma delas foi revitalizada.
O mecânico Ermes da Silva, 28, trabalha em uma oficina na Pan Nordestina e denuncia a falta de qualidade do recapeamento realizado na avenida. “Toda semana eles passam aqui, mexem bem pouco e com menos de 15 dias já está tudo esburacado e novo. São muitos buracos e os acidentes são constantes”, conta o mecânico.

Segundo o gestor do 1º Distrito Rodoviário, Nilson Francisco da Silva, responsável pela obra da PE-15, o DER conta com uma equipe permanente de tapa-buracos. Sobre as obras, o DER disse que concluiu ontem a primeira fase da, referente à drenagem das estradas, que opera com capinação e limpeza das caixas de drenagens, na tubulação dos esgotos, e direcionando a água que, vindo dos esgotos das comunidades, invadia as estradas, para o canal.