Termina dia 12 de setembro prazo para que pedidos de registro sejam julgados pela Justiça Eleitoral

Faltando cinco dias para que estejam julgados todos os pedidos de registro de candidatura nas eleições municipais deste ano, apenas três dos 14 municípios da região metropolitana do Recife já têm os postulantes a prefeito confirmados. Além da capital, onde concorrem oito candidatos – João Paulo, Geraldo Julio, Daniel Coelho, Priscila Krause, Edilson Silva, Carlos Augusto, Pantaleão e Simone Santana _ , já foram deferidos os pedidos em Igarassu, com cinco concorrentes, e em Abreu e Lima, com três.

Henrique Melo, assessor da presidência do Tribunal Regional Eleitoral, explica que os prazos mais curtos, este ano,  fazem com que nem todos os pedidos estejam julgados. “Mas o prazo será cumprido”, garante. As sessões do pleno serão quase diariamente a partir de agora para agilizar  decisões. Em Araçoiaba,  Cabo de Santo Agostinho, Itamaracá, Itapissuma, Ipojuca, Moreno e São Lourenço da Mata, todas as candidaturas apresentadas aguardam julgamento. Em Camaragibe, quatro candidatos foram confirmados, mas dois (Roberto Lira, do PCO, e João Lemos, do PCdoB) tiveram o pedido indeferido. Ao menos um deles, o ex-prefeito João Lemos, barrado pela Lei da Ficha Limpa, recorreu da decisão. Em Jaboatão dos Guararapes, segundo maior colégio eleitoral, cinco das oito candidaturas aguardam julgamento, entre elas a de Heraldo Selva (PSDB), da situação, alvo de pedido de impugnação. Só estão confirmados até o momento Adelson Veras (PCB) e o pastor Cleiton Collins (PP). Adilson Souza (PCO) foi indeferido.

Candidatura de Luciana Santos está confirmada pelo TRE

Em Olinda,  o candidato do PCO Raminho Chiquito foi indeferido, cinco aguardam julgamento e quatro foram confirmados: a ex-prefeita Luciana Santos (PCdoB), que teve pedido de impugnação negado pela Justiça Eleitoral, o deputado estadual Ricardo Costa (PMDB), Izabel Urquiza (PSDB) e Gustavo Rosas (Guga), do PV. Em Paulista, dos sete concorrentes, um foi indeferido (Roberto Santos, do PCO), três aguardam julgamento e quatro foram confirmados.

Fonte: JC Online