Homem de 42 anos, procurado desde novembro, foi detido em bar no Pina. PF acredita que ele trazia traficantes do MT com cocaína da Bolívia.

Um homem de 42 anos, suspeito de facilitar a ação de traficantes entre os estados de Mato Grosso e Pernambuco, foi preso em um bar na Zona Sul do Recife, na última quinta-feira (20). De acordo com a Polícia Federal (PF), ele era o chefe de uma quadrilha que foi presa há três meses.

O investigado era procurado desde novembro do ano passado, quando uma operação conjunta das polícias Federal e Civil apreendeu 40 quilos de pasta base de cocaína, em uma casa na praia de Maria Farinha, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Na ocasião, três traficantes do Mato Grosso, que trouxeram a droga para Pernambuco, foram presos.

O suspeito era o único desse grupo que faltava ser encontrado. Após três meses de investigações, a PF descobriu onde ele estava escondido e prendeu o acusado em um bar no bairro do Pina.

Ainda de acordo com a polícia, ele seria a pessoa que recebia em Pernambuco os traficantes do Mato Grosso que traziam a droga da Bolívia. Na RMR, a pasta base de cocaína seria transformada em crack. “Ele fazia o transporte desse pessoal para cá, recepcionando a droga, e conseguia compradores. Ele já foi autuado aqui duas vezes, em 2006 e 2008, por tráfico de drogas. Por ser bastante articulado e conhecer muitos traficantes, ele escolheu o Mato Grosso por fazer fronteira com a Bolívia”, explicou o chefe de Comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro.

O suspeito foi autuado por tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico. Ele foi levado para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima. Se condenado, pode pegar até 25 anos de prisão.

Fonte: NETV – 1ª Edição